Atualize seu navegador!
Notícias

Estudando sobre meios de comunicação, alunos da APAE visitam Rádio Liberdade

  • 10380589_779774322056544_1098936610278129759_o
  • 10353239_779774388723204_891764605652962237_o
  • 10264230_779774235389886_5146919842102057501_o
  • 10382420_779774245389885_5990092644679500485_o

Iniciamos com o grupo de educandos matriculados no Ocupacional G, sob a coordenação das professoras Vera Lúcia Gonchorovski e Iracema Lobermeier, o conteúdo sobre Meios de Comunicação. Partindo do pressuposto que a aprendizagem com exemplos e vivências concretas é mais eficaz, principalmente para aqueles que possuem algum tipo de limitação sensorial, investiu-se na associação de visitas de exploração para agregar conhecimentos aos conteúdos a serem ensinados. Durante as atividades desenvolvidas, o grupo de alunos realizou uma visita no Museu em Rio Negrinho, onde observaram a evolução dos meios de comunicação ao longo dos anos, bem como identificando alguns objetos do conhecimento e vivência dos alunos. Para aprofundar os estudos e propiciar um contato mais próximo com um meio de comunicação específico, o grupo com a ajuda das professoras optou em visitar a Rádio Liberdade, objetivando entender como acontece a transmissão de tudo o que é produzido nos estúdios e que chega até a casa dos alunos, sendo o rádio o meio de comunicação que todos possuem e utilizam no dia-a-dia. O trabalho pedagógico  com pessoas com Deficiência Intelectual organiza-se em etapas, sendo que este conteúdo será complementado nas demais áreas do conhecimento como nas aulas de Informática, onde após realizarem as visitas de campo é possível transferir as fotos dos registros e visualizar no computador, bem como explorar outros meios de comunicação com figuras, fotos e através da internet. Para a orientação pedagógica da Escola Girassol – APAE, “estas atividades enriquecem as interações sociais dos alunos e garantem a coerência necessária entre a teoria e a prática, aproximando conceitos e formando as bases que estruturam as novas aprendizagens e aquisições, aspecto fundamental em nosso trabalho com a Deficiência Intelectual”, complementa Marileia Gonçalves.


Fonte: APAE de São Bento do Sul