Atualize seu navegador!
Notícias

Sessão cívica marca os 45 anos da APAE

Atividade foi realizada ontem à tarde, na sede da escola

A Escola Girassol – APAE de São Bento do Sul completou 45 anos no sábado, mas a sessão cívica comemorativa foi realizada ontem. O evento reuniu autoridades, voluntários, ex-presidentes e ex diretores, familiares de alunos e membros da atual diretoria da entidade. A presidente Harriet Hackbarth, citou a luta de todos que fazem a história da entidade no município. “A trajetória para chegarmos até aqui não foi nada fácil”, disse. “Queremos agradecer a todos que se dedicaram a resolver os percalços existentes em uma escola especial”, comentou.

Harriet também ressaltou que a qualidade de vida dos alunos “aumentou significativamente” com diversos serviços oferecidos no estabelecimento. “Os profissionais que aqui trabalham também têm progredido”, explicou. Ela ainda agradeceu os apoiadores da escola, tanto pessoas físicas e jurídicas como o poder público. “A APAE somente é o que é graças ao gesto altruísta de todos”, encerrou a presidente.

A diretora da escola, Maria Goreti Ehlke, afirmou que as quatro décadas e meia de atuação só foram possíveis “porque toda uma comunidade assim desejou”. Goreti lembrou o início da escola, ocasião em que gestos simples – como a doação de madeira – começaram a dar forma ao estabelecimento, ainda na Rua Dom Pedro II, em 1970. A diretora enalteceu o acompanhamento dos familiares, sobretudo das mães, nos trabalhos desenvolvidos. O voluntariado são-bentense foi igualmente destacado por Goreti. “O nosso maior aplauso é para todos os voluntários, os quais assumiram a causa das pessoas com deficiência na cidade”, disse.

Um símbolo da cidade

O prefeito Fernando Tureck, por sua vez, observou que a história de 45 anos de escola é possível “graças à contribuição de todos”. Tureck citou algumas ações da Prefeitura, como as adaptações em unidades escolares e a construção do Centro de Atendimento ao Autista. “São iniciativas que não objetivam substituir o trabalho da APAE, mas sim auxiliá-la”, comentou. O prefeito ainda elogiou o desempenho de alunos da escola nos Jogos Paradesportivos de Santa Catarina (PARAJASC), com apoio da Fundação Municipal de Desportos (FMD).

Para o presidente da Câmara Municipal de Vereadores, Edimar Geraldo Salomon, “a APAE é um símbolo de São Bento do Sul”. Ele frisou o trabalho de funcionários e voluntários da instituição. “São pessoas que se dedicam de corpo e alma”, resumiu. Já a gerente regional de Educação Eliane Hubl destacou que a comunidade são-bentense tem grande carinho pelo trabalho desenvolvido pela entidade. “São Bento do Sul tem amor pela APAE”, disse. “As pessoas que trabalham aqui tem o coração do tamanho do mundo”, elogiou Eliane.

Apresentação e homenagens

Atrações artístico-culturais dos próprios alunos marcaram a sessão, como a peça “Movimentos” – a mesma apresentada n´O Semeador semana passada – e a apresentação do Coral da APAE. Os presentes também cantaram o Hino do Excepcional e acompanharam uma homenagem a ex-presidentes e ex-diretores. Também foram homenageados os cinco alunos com mais tempo de casa e os cinco alunos que ingressaram recentemente da instituição.


Fonte: Jornal A Gazeta, 06 de maio de 2015.