Atualize seu navegador!
Notícias

Projetos recebem recursos do FIA

Dez projetos de ações voltadas a crianças e adolescentes vão se transformar em realidade graças aos recursos captados pelo FIA (Fundo de Infância e Adolescência). As sete entidades proponentes foram escolhidas por meio de um edital público. Este ano foram destinados R$ 60 mil aos projetos e o sistema de edital para seleção pública foi adotado pela primeira vez pelo CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente), tornando ainda mais democrática a participação dos interessados. Dos 13 projetos inscritos, 11 receberam aprovação, mas um não apresentou documentação exigida.

Na semana passada, os responsáveis pelos projetos assinaram a documentação. A secretária de Assistência Social, Rita Maria Dums, agradeceu a participação das entidades proponentes dos projetos, empresas e pessoas físicas que contribuíram com o FIA, destinando parte do seu imposto de renda em benefício das crianças e adolescentes do município. “Tenho certeza que esses recursos serão muito bem empregados”, afirmou.

O presidente do CMDCA, Otto Müller, destacou que é a primeira vez que o fundo dispõe de recursos suficientes para justificar o lançamento de um edital. “Esperamos continuar com o apoio das empresas e da comunidade, pois, quanto mais recursos conseguirmos captar para o FIA, mais projetos poderemos apoiar”, observou. Cada projeto aprovado recebeu até R$ 6 mil.

                                                                                               

Contemplados

A APAE teve duas propostas apoiadas, uma de “alfabetização através do uso da tecnologia em sala de aula” e outro para “utilização de métodos lúdicos (jogos e brincadeiras) nas terapias”. Há alguns anos, graças a um projeto apoiado pelo FIA, nós começamos a compor o nosso laboratório de informática. Isso acabou se transformando num programa permanente na escola e temos até uma disciplina voltada à informática para nossos alunos”, comentou a diretora da APAE, Goreti Ehlke.

A Associação São Bento de Futebol vai utilizar os recursos do FIA para manter a escolinha que atende 150 crianças. O grupo também possui um projeto “chancelado”, modalidade na qual o CMDCA aprova a proposta, mas cabe à associação proponente captar os recursos nas empresas, convencendo-as a destinar parte do imposto de renda devido ao projeto. O presidente da JCI, Ricardo Homechen, destacou que os recursos recebidos vão custear o concurso Debate nas Escolas, voltado aos alunos do ensino médio. “Nessa ação, nós incentivamos os adolescentes a exporem suas ideias, a refletirem e argumentarem sobre temas polêmicos de nossa realidade”, informou.

O Centro de Recuperação Nova Esperança vai desenvolver dois projetos voltados aos adolescentes acolhidos: “Fazendo arte no tratamento” e “Oficinas esportivas”. Com 12 anos de atuação no município, o CERENE já atendeu a 3 mil pessoas.

Entre as contribuições de empresas, o FIA recebeu apoio da Oxford, Buddemeyer, Tuper, Germânia Supermercados, Ecoflex e Condor. “Várias pessoas físicas também contribuíram”, afirmou o secretário dos Conselhos, José Tadeu Santana. Irineu Weihermann, diretor superintendente da Oxford, disse que a empresa contribui com o FIA há anos e vai continuar destinando parte de seu imposto de renda em ações que beneficiem diretamente a comunidade são-bentense. “É bom saber que o recurso será bem utilizado e, o que é importante, aqui mesmo no nosso município. Como integrante da ACISBS, vou incentivar outros empresários a colaborarem”, afirmou.

 

Como contribuir

De acordo com a legislação, as empresas tributadas pelo regime de lucro real, podem doar ao FIA até 1% do imposto de renda, apurado na declaração de ajuste anual. Pessoa física que declara IR em formulário modelo completo pode destinar até 6% do imposto. As doações podem ser feitas até 31 de dezembro, por meio de depósito identificado na conta 198-1, agência 0628 da Caixa Econômica Federal, operação 06. Depois, é só enviar cópia digitalizada do comprovante do depósito para o e-mail cmdca@saobentodosul.sc.gov.br ou levar uma cópia até a Secretaria Municipal de Assistência Social. O CMDCA emite um recibo que deve ser apresentado no momento da declaração de imposto. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3633-7041.

 

Projetos apoiados

- Formando atletas por amor / São Bento Handebol Clube

- Fazendo arte no tratamento / Centro de Recuperação Nova Esperança – CERENE

- Oficinas esportivas / Centro de Recuperação Nova Esperança – CERENE

- Natação de base / São Bento Clube de Natação

- Desenvolvendo cidadãos através da prática da natação / São Bento Clube de Natação

- Promovendo cidadania / Associação SBS de Futebol

- Debate nas escolas / JCI de São Bento do Sul

- A alfabetização através do uso da tecnologia em sala de aula / Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais – APAE

- A utilização do lúdico nas terapias / Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais – APAE

- Aluna na quadra é aluno longe das drogas / Associação São Bento de Futsal


Fonte: Jornal Folha do Norte, 07 de julho de 2015.